ACIR Rolândia         acirrolandia         (43) 3256-1063         acerolandia@cacinp.org.br
            (43) 3256-1063           Acessar o Webmail

ACIR Jovem: Resultados da Rodada de Oportunidades e Execução de Novos Projetos

29/09/2017    |    10h42    |    Outras    |             

Nesta última quarta-feira, 27 de Setembro, o Núcleo Setorial ACIR Jovem se reuniu na sede da ACIR. Na pauta da reunião, os membros falaram sobre os resultados obtidos com a segunda “Rodada de Oportunidades” que ocorreu no último dia 13 de Setembro.
Segundo Fernando Souza, Consultor Regional da FACIAP, o evento repercutiu de modo bem positivo, e muitas empresas elogiaram a rodada deste ano.
Além disso, na reunião desta quarta-feira, foi discutido também planos para o próximo mês, em especial uma palestra temática integrante ao projeto +Insights, que ocorrerá no início da 29ª Oktoberfest de Rolândia, terá início em 11 de Outubro. “Ainda não temos muitos detalhes sobre este evento, mas será algo muito interessante” explica Fernando.
Participaram da reunião o Presidente do Núcleo, Irineu de Paula e os integrantes, Aleksander Monteiro (Gás e Água São Gabriel), André Liberatti (Cia das Festas), Fábio Fernandes (ID Agência), Éder Junior Evangelista (Consultor Empresarial - Canãa), Rodolfo Negrão (Pro Hope Engenharia), Cristiano Dias (Gela Boca) e o novo membro, Murilo Ferreira Moraes.

Projeto Empreendendo
O Núcleo ACIR Jovem também está engajado em um projeto chamado “Empreendendo”. Segundo o Presidente, Irineu de Paula, este trabalho está sendo realizado por ele, e pelo Aleksander Monteiro, com 20 alunos do segundo ano do Ensino Médio, de Colégios Estaduais do município. Irineu revela que este projeto teve início na cidade de Bandeirantes, e já está em seu quarto ano. “O projeto consiste em um plano de cursos ministrados todos os sábados na FACCAR. O objetivo é levar a questão do empreendedorismo para estes jovens” conta Irineu.
Além de Rolândia, o trabalho também ocorre em Londrina e em Cambé, e conta com o apoio da instituição financeira Fomento Paraná, e outros 17 parceiros. “Conforme o projeto for avançando, estes estudantes irão se reunir em pequenos grupos, e cada um deles representará uma empresa. O negócio poderá render lucro, mas isso dependerá dos próprios alunos” explica o Presidente. Em todas as fases deste trabalho os jovens receberão acompanhamento do núcleo, e apoio das empresas envolvidas.