ACIR Rolândia         acirrolandia         (43) 3256-1063         acerolandia@cacinp.org.br
            (43) 3256-1063           Acessar o Webmail

Treinamento ensina vendedores a se tornarem “Mestre das Vendas”

12/06/2018    |    15h20    |    Cursos    |             

Sabendo da importância de capacitar os profissionais da área de vendas, o núcleo setorial Acir Mulher, realizou um “Treinamento Show: Mestres das Vendas, Formando Vendedores Extraordinários”. A capacitação aconteceu nesta última quinta-feira (06) de junho no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Rolândia - ACIR.
Um público de mais de sessenta pessoas foi conduzido pelo Palestrante e Consultor de Vendas, Luciano Severo, que transmitiu informações de extrema importância aos profissionais. O profissional faz parte da CIA-EX (Consultoria e Inteligência Aplicada - Extraordinária). A empresa possui mais de quinze anos de atuação em gestão de negócios, ação comercial, e etc.
A capacitação ocorreu de um modo diferenciado e próprio, onde o consultor prendeu a atenção dos profissionais do começo ao fim. Durante o treinamento Luciano enumerou muitas questões vivenciadas na rotina de um vendedor, e a partir disso, passou instruções de como cada um deles pode lidar com determinadas situações, para poderem chegar ao objetivo de se tornar um mestre de vendas.
O mesmo também envolveu os presentes falando de vivências pessoais, e compartilhando de momentos que o fizeram crescer e evoluir. “Todos nós recebemos muitos nãos na vida. Eu mesmo, já passei por momentos muito difíceis, mas precisamos ter foco, e não desistir de alcançar nossas metas” explica.
A integrante do núcleo setorial Acir Mulher, Michele Piccoli, ressalta o quanto é importante este tipo de treinamento para os vendedores, e afirma, que ela e os seus funcionários, já haviam recebido uma capacitação do profissional.
“Um treinamento como este atinge positivamente tanto a vida profissional, quanto a pessoal de todos que participam. Eu posso afirmar que depois da ajuda do Luciano, minhas vendas melhoraram em um número de 80%. Vale muito a pena” afirma.

 

Texto: Nayara Afonso